PROGRAMAS

O líder efetivo não tem um problema de ego. Ele não compete. Ele cria. E mesmo que de vez em quando pareça que ele atua com uma mente fechada e com temosia, este definitivamente não é o caso. A verdade raramente esta na aparência das coisas. O líder efetivo é verdadeiramente um visionário criativo. Ele calmamente e em silêncio segue a voz interna que lhe indica para onde ir. Mesmo que não seja óbvio, ele é extremamente observador. Ele percebe tudo que está acontecendo a sua volta. Ele é um ouvintes ativo. Quando ele recebe uma sugestão de um liderado bem capacitado, ele imediatamente investiga a idéia e determina, se essa idéia é superior à sua própria idéia. Ele é capaz de rejeitar a sua própria idéia, aceitar a idéia da outra pessoa e trabalhar com ela, como se fosse dele – sempre dando crédito à pessoa que a originou.

Claro que isto não quer dizer que qualquer idéia que cruze o seu caminho seja aceita. De fato, poucas o são – somente aquelas idéias que movimentam todos em direção à manifestação da visão do líder.

  • Teoria do ciclo de vida ou   MODELO DA MATURIDADE – Hersey e Blanchard :

O Líder deve adaptar o seu estilo de liderança segundo o nível de desenvolvimento do liderado. Bebé, Crianca, Adolescente e Adulto

  • Modelo Situacional, Daniel Golheman:

 

Coercivo, Mobilizador, Afiliativo, Democratico, Parca-Paso, Treinador.

Conflitos acontecem quando o líder quer liderar em um estilo e o time precisa de outro estilo. Assim então, não há estilo certo. Tudo depende da situação e da maturidade do liderado. Caso problemas ocorram, você pode voltar para um outro estilo segundo a necessidade do funcionário nessa situação especifica. O Líder é flexível e tem desenvolvido todos os estilos de liderança, tem então Algo grão de Inteligência Emocional e Coeficiente de Adversidade. Habilidades humanas Desenvolvidas com o Coaching certo.

Liderança:

“Um líder é uma pessoa que tem pessoas que o seguem porque desejam seguí-lo.”

LARRY WILSON

“Utilize o seu tempo aprimorando-se e lendo as obras de outras pessoas. Assim você chegará facilmente onde outros trabalharam muito duro para chegar.”

SÓCRATES

A Organização Inteligente. Investigação Apreciativa, IA

A Metodologia da Investigação Apreciativa foi desenvolvida por David Cooperrider, Ronald Fry, Suresh Srivastva e seus colaboradores, no Departamento de Comportamento Organizacional da Case Western Reserve University, localizada em Cleveland – Estados Unidos.  –  e tem sido estudada,  aplicada em organizações e comunidades de todo o mundo:  África, Ásia, Austrália, Europa, América do Sul e do Norte. Desde o planejamento estratégico até o desenvolvimento da equipe, desde o estabelecimento de parcerias até a participação em conferências globais, de avaliação de desempenho a coaching, dos valores primordiais a realizar grandiosas mudanças culturais de sistemas,  relacionamentos de pessoa para pessoa, a IA está sendo aplicada para ajudar a organizar o futuro de maneira que venha a desencadear e promover o espírito da cooperação humana em cada um de nós. 

A IA procura pelo melhor de “o que é” (a experiência de alguém até o momento) para proporcionar a base para a imaginação “do que poderia ser”. O objetivo é gerar um novo conhecimento, que possa expandir “o domínio do possível” e ajudar os membros de uma organização a visionar juntos um futuro desejado.

Tais imagens futuras, baseadas em esperança – uma imagem antecipada positiva – e conectada à experiência real de ser o melhor, são naturalmente interessantes e atraentes. Elas atraem energias e mobilizam intenções. Grupos e organizações passam a se comportar de maneira a alcançarem essas visões.

Esse método de análise organizacional – ou simplesmente uma forma de estar no mundo ao nosso redor – é diferente da solução administrativa de problemas convencionais. A básica suposição de que se vai solucionar um problema pode dar a impressão de que o fato de organizar consiste em problemas a serem solucionados. A tarefa subseqüente para o aprimoramento então passa a ser a remoção das deficiências, obstáculos ou problemas de raízes.

Esse processo inclui basicamente (1) identificação dos problemas-chave ou deficiências; (2) análise das causas; (3) análise das soluções e (4) desenvolvimento de um tratamento ou plano de ação.

Em contraste, a base da IA não preconiza que organizar seja “um problema a ser resolvido”, mas uma “solução a ser abraçada”.

As organizações, como construções humanas, são altamente afirmativas em sua natureza e, portanto, respondem a pensamentos, linguagem e conhecimento positivos.   As pessoas e as organizações são, portanto, “heliotrópicas”, “elas crescem em direção à luz” de uma imagem antecipatória positiva. Imagens positivas geram emoções positivas e ações proativas.

Holistic Selling:

EXISTEM SÓMENTE DUAS RAZÕES                   PORQUE ALGUÉM COMPRA ALGO:

1.    Para atingir algum benefício                                              2.  Para evitar perdas

Como um profissional da área vendas, você precisa fazer perguntas e ouvir ativamente às respostas de seus clientes em potencial. Através disto, você está coletando informações que serão necessárias para ver o mundo através dos olhos de seus clientes. Está é a única maneira que você será capaz de avaliar o que é realmente importante para seus clientes.

O que pode ser de extremo valor para um deles, pode ter pouco valor para outro. Somente 13% da população possuem um objetivo significativo. Destes 13%, somente 3% tem suas metas escritas.

O QUE TE INSPIRA?

Para que um funcionário de venda aumente sua produtividade, ele precisa MUDAR e ele não fará isto, ao menos que tenha um objetivo com o qual esteja bastante emocionalmente envolvido.

Para mudar resultados, mude seus pensamentos, sentimentos e ações. Seja simples. Vendas Holísticas. Bob Proctor.

Consciente, Raciocínio e Subconsciente, Paradigma, devem estar em sintonia para que a nossa mensagem seja coerente e tenha a forca necessária para que a persuasão e o vinculo se estabeleçam: FIGURINHA DO STICK-PERSON

 

6 PARADIGMAS DA INTERACAO HUMANA, Stephen R. Covey:

Ganha/Ganha; Ganha/Perde; Perde/Ganha; Perde/Perde; Ganha;   Ganha/Ganha ou Nada Feito.

 

O Vendedor GANHA-GANHA

 

Se realiza em base de um estado de espirito que busca constantemente o beneficio muito em todas as interações humanas. Ganha/Ganha significa que os acordos e soluções são mutuamente benéficos, mutuamente satisfatórios. Com uma solução deste tipo TODAS AS VEZES. As partes se sentem bem com esta decisão, e COMPORMETIDAS COM O

PLANO DE ACAO.

O GANHA-GANHA vê a vida como uma cooperação, não como uma competição. Isto se baseia no paradigma de que há bastante para todos, que o sucesso de uma pessoa não se conquista com o sacrifício ou a exclusão da outra.

O Vendedor GANHA-PERDE.

Em termos de liderança, este vendedor adota a abordagem autoritária: ”Eu sigo em frente, você fica para atrás”. As pessoas que seguem este tipo de negociação são propensas a usar a posição, poder, cargo coisas o o sua personalidade para avançar. Não avançam nem tem colaboração. Os Ganhos são temporários e nao estabelecem Vinculo e Confiança com o Cliente.

Os 10 Hábitos Para O Sucesso

A DISTÂNCIA ENTRE SABER E FAZER

“Educação não significa ensinar as pessoas coisas que elas não sabem. Significa ensiná-las a comportarem-se de maneiras diferentes a que elas se comportam.”

 

JOHN RUSKIN

“Existe uma diferença enorme entre o que as pessoas sabem e o que elas fazem. Nós fomos criados em um mundo e frequentamos a escola por muitos anos em um sistema de educação que é baseado em assimilar informação e depois em reconhecer o indivíduo de acordo com a quantidade de coisas das quais ele se lembra. No entanto, agora vivemos em um mundo que não está muito interessado no que você sabe. De fato as únicas pessoas que são reconhecidas hoje em dia, são aquelas que fazem: aquelas que fazem o trabalho. Bob Proctor pesquisou este tópico por aproximadamente 50 anos e chegou à conclusão de que é muito raro encontrar uma pessoa que faça tudo o que ela pode fazer. Isto o entusiasma. Ele aponta que quase em todos os casos, sem um estudo mais aprofundado, pessoas podem melhorar a sua performance e desfrutar de melhores resultados só fazendo o que já sabem como fazer.

Há duas partes da mente nas quais nos focaremos nesta lição. Uma parte é a mente consciente. A segunda parte é a mente subconsciente. A mente consciente está conectada ao mundo a nossa volta através dos sentidos. Nós podemos audicao, visao, olfato, goto e tato. Nos fomos criados para viver através dos nossos sentidos para coletar informação, é assim como fomos treinados, ou condicionados, para fazer as coisas. A mente subconsciente é a parte da mente que expressa tudo que é impresso nela. Nós nos referimos a esta expressão como fazer. Para o propósito desta lição, você poderia dizer que o seu subconsciente controla o que faz.

Um paradigma são vários hábitos. Um hábito é uma idéia que está fixa no subconsciente de uma pessoa que faz com que ela faça alguma coisa sem pensamento consciente. Um paradigma é o que gera o nosso comportamento habitual.”

 

SANDRA GALLAGUER

HABITOS DE ALTO DESEMPENHO:

  • TOMA DE DECISOES, com o Objetivo em Mente. Planos Estratégicos, de Ação e de Contingencia.
  • GESTAO DO TEMPO. Priorização. Importante ou Urgente?
  • PROATIVIDADE. Ações Reativas ou Proativas?
  • APRENDA A PENSAR. Pare Reflita e Aja.
  • RESPONSABILIDADE. Círculos de Influencia.
  • FORMULA DA MOTIVACAO. Senso de Significância.
  • PIRAMIDE DO PENSAMENTO. Conclusões e Resultados.
  • COMUNICACAO EFETIVA. Escuta ativa
  • Ganha-Perde ou Ganha-Ganha?
  • DELEGAR COM EFICIENCIA. Criar Confiança.

 

“Saber não é suficiente para ter resultados. Resultados vem do comportamento, e o comportamento é causado pelo paradigma. Os resultados contam uma história interessante, eles contam para o mundo uma história real de como a pessoa está programada.

No trabalho, quando nós nos tornamos abertos a reconhecer como somos programados ou seja, os nossos paradigmas, podemos começar a mudar o nosso programa e melhorar os nossos resultados significativamente“

 

Bob Proctor

Quando entendemos como um paradigma funciona, torna-se evidente que grandes empreendedores não são bem sucedidos, principalmente pelo que eles sabem, mas sim pelo que eles fazem. Seus paradigmas, de um jeito ou de outro, alinharam-se com os resultados que eles desejam. São os seus paradigmas que estão produzindo os seus resultados.

Inteligência Emocional e de Adversidade

“When one can sing praises in the face of adversity, the adversity will soon disappear. That is not a promise; that is a Law. Learn to render praise, to be thankful for the good at hand, and you will have found the magic lamp of Spirit. This attitude of mind not only brings forth our desires but it also generates our confidence, strengthens our faith, and builds up an assurance for the things to come. Thus to be able to praise when things appear the darkest will invariably force the sunshine through. Our degree of faith in the Law and God is measured before we receive, not afterwards. It is that degree of faith that determines what we shall be capable of receiving.”

~ Raymond Holliwell

Cinco áreas da Inteligência Emocional:

  • Autoconsciência= conhecer as próprias emoções.

  • Autogerenciamento= gerenciar as próprias emoções

  • Motivação= motivar-se

  • Empatia, Consciência Social= conhecer as emoções dos outros.

  • Habilidades Sociais– lidar com as emoções dos outros.

 

Q.A. COEFICIENTE DE ADVERSIDADE

Quatro fatores formadores do Coeficiente de Adversidade, dependendo da nossa atitude em cada um destes fatores nos enquadraremos em um dos três tipos de profissionais com alto, médio ou pouco gerenciamento do Stress.

FATORES:   C.O.R.E.

Control, Ownership, Reach, Endurance

TRÊS TIPOS DE PROFISSIONAIS SEGUNDO O NÍVEL DERESPOSTA AO STRESS

Baixo nível de QA: Desistente

Médio nível de QA: Campista

Alto nível de QA: Alpinista

Visão – Propósitos e Objetivos

“A Ferramenta para Peak Performance, ou Desempenho Maximo, da ao Coachee Empowerment e lhe abre a Novos Comportamentos e Crencas que lhe proporcionam

Qualidade de Vida e Sentimentos de Esperança e Poder.

As Pessoas de Alto Desempenho:

  • Estão orientados pela Visão e Missão deles: eles tem uma Imagem de onde eles querem chegar.

  • Eles sempre Querem Aprender mais.

  • Chegar e Como Chegar tem a mesma importância

  • Eles tem momentos de recuperação, principalmente esportes.”

 

Dr. Charles Garfield.

 

PROPÓSITO

O seu propósito em relação ao que você está destinado a ser ou “fazer” aqui nesta vida vai literalmente cair no seu colo quando você se comprometer a viver a vida em função de sua própria alegria.

“Qual é o propósito da minha vida?” é muito diferente de “Qual é o propósito da vida?”.

Se você segue os seus sentimentos de paixão e alegria, fazendo nada mais do que tomar o próximo passo lógico, em breve você vai descobrir que você está fazendo algo que é tão essencial para quem você é que você vai dizer “ah, este é meu propósito aqui “.

Você vai sentir uma sensação de destino nesta atividade, porque enquanto você a estará fazendo, ela estará permitindo que tudo o que você é possa estar presente nesta vida, e você o fará sem nenhum esforço.

Gestão Do Tempo

ESTAMOS ERRADOS, NAO TEMOS QUE GERENCIA O TEMPO

TEMOS QUE GERENCIAR ATIVIDADES

Earl Nattingale – Author, Depaker and radio personality

Todos temos o mesmo numero de horas num dia, o mesmos dias numa semana e as mesmas semanas num mes, então… o que faz com que algumas pessoas possam “gerenciar” melhor o tempo e outras “corram” atrás do tempo??? São os padrões mentais internos que nos ajudam a definir as prioridades certas ou as erradas.

O 90% da população usa o seu tempo nas atividades do Quadrante I, Como passar para atuar no Quadrante II é o que ensinamos na Forward Academy, não depende de técnicas a serem implantadas mas do Aprendizado de Como a Nossa Mente funciona para Criar os Paradigmas Certos.

Rua Itapaiuna, 1165, Jd Morumbi

 | CEP 05707-001 São Paulo\SP

debora.campos@forwardacademy.com.br

  • Facebook - Círculo Branco
  • Blogger - Círculo Branco
  • Twitter - Círculo Branco